O tratamento  por ondas de choque extracorpórea (ESWT) deve ser realizada após uma indicação  feita  por um MÉDICO  e tem como contra-indicação os seguintes itens:

  • Paciente tendo anormalidade na coagulação sanguínea (coagulopatia), ou que esteja tomando algum tipo de anticoagulante;
  • Paciente estando grávida;
  • Doença primária maligna (tumores) na área de tratamento;
  • Epífises de crescimento no foco (crianças);
  • Tecido pulmonar no foco;
  • Infecção aguda de tecido mole ou osso;
  • Infecções sistêmicas;
  • Tratamento no crânio, coluna vertebral e costelas;
  • Uso de marca-passo (aplicação próxima);
  • Epilepsia;
  • Vasos ou nervos maiores no foco;
  • Infiltração de corticosteróides no local da aplicação nas últimas 6 semanas;
  • Paciente com alto risco de algum tipo de anestesia ou analgesia quando eventualmente tenha que ser utilizada;